Dizem que a festa de Carnaval, do latim carnis levale – retirar a carne, existe como um movimento de libertação, que antecede o grande período em jejum de carne e dos prazeres mundanos. E Até os menos religiosos aproveitam disso e saem para curtir a grande festa.

Eu, acabei me rendendo aos prazeres da carne e fui curtir o Carnaval em Porto Seguro – Ba.

Reservei O Portal de Mundaí na Beira Mar, entrei no meu valente nissan versa e segui rumo a Porto Seguro numa tacada só. Só esqueci, que chegando por lá de madrugada, precisaria esperar para pegar a balsa, que nessa hora, só sai a cada 2 horas!

Cansaço a parte, fiquei pela praia de frente ao Hotel ambientando e vendo o movimento da galera. o calor estava forte, mesmo com as pancadas de chuva que caem por 5 minutos, e nada mais.

Beira Mar - Porto Seguro
         Beira Mar – Porto Seguro

A Avenida Beira Mar é repleta de Barracas animadas como a Axé Moi, Jamaica Beach, Toa Toa, que foi a que escolhi ficar, entre outras. A farra corre solta por lá. Sempre com um grupo ensinando as danças da moda, e uma interação grande com a galera. Diversidade, você encontra aqui!

Barraca Toa Toa
             Barraca Toa Toa

Muito divertido, muito bacana, mas, demais pra mim. Um dia de Toa a Toa e fiquei feliz com carnaval, agora poderia curtir as praias…

No dia seguinte, acabei escolhendo o passeio de Escuna até o Parque Marinho do Recife de Fora para aliviar os ouvidos.  O passeio custa R$35 por pessoa, mais o aluguel do snorkel e pé de pato, sandália de borracha, enfim. O importante é ir na maré baixa para conseguir ver os corais, e como o tempo estava fechado e com chuva por momentos, o mar estava um pouco turvo, mas deu para curtir e ver vários peixinhos por lá.

Recife de Fora
         Recife de Fora

Só me enganei em relação ao “aliviar os ouvidos”, afinal é Carnaval, você está na Bahia, a folia não pode parar…então os 35 minutos até os corais foram repletos de “pega a metralhadora e tratratra….”

Passeio a Recife de Fora
         Passeio à Recife de Fora

Mais um dia de Porto Seguro, na praia da Beira Mar, um passeio pela cidade e a tentativa de ir ao centro para o Carnaval na Passarela do Álcool. Claro que o trânsito estava na porta do hotel, e resolvi ir andando, já que estava a 4km da festa. Tudo tranqüilo e lotado. Calor humano sabe?! Muitas “metralhadoras” e parangolé…loucura, loucura, loucura! Aqui os prazeres mundanos são levados ao limite, como se o jejum fosse durar uma vida, e não quarenta dias…hehehehe

Acabei não levando o celular para tirar fotos.

Depois de 3 dias de Carnaval em Porto Seguro, eu entendi claramente que meu negócio é sombra e água fresca, então parti para Trancoso, peguei a balsa cedo para não ficar na fila, depois das 9hs fica impraticável, passei por Arraial D`ajuda (Carnaval comendo solto!) e fui direto para o Vilarejo procurar uma pousada, e achei a formosa Pousada Mata N’Ativa. Um verdadeiro Paraíso escondido, com uma vista formidável e chalés pela mata, eu achei minha casa na árvore!

Pousada Mata N'Ativa
     Pousada Mata N’Ativa

Trancoso é lindo, comida boa, porém o preço é bem alto…preço que se paga para não ter o carnaval no ouvido!

As praias próximas ao Quadrado, centro de Trancoso, são lindas e com barracas bem animadas também, como a Praia dos Nativos e dos Coqueiros, que você pode descer à pé.

Mirante da Praia do Nativos
        Mirante da Praia do Nativos

Eu resolvi ir a Praia do Cururípe, em Caraíva, a 20km de Trancoso. Super charmosa, com bons restaurantes e algumas pousadas. Lugar para relaxar e esquecer da vida. Aqui você encontra barracas bem conhecidas, como a da famosa Champagne Veuve Clicquot. O preço fica na altura da fama!

Praia do Cururípe
               Praia do Cururípe

Depois, resolvi seguir até a Praia do Espelho, que fica no mesmo caminho de Curuípe, onde você estaciona o carro e segue por 1km à pé. Não é à toa que dizem ser uma das Praias mais bonitas do Brasil, a imagem, diz por si só.

Praia do Espelho
               Praia do Espelho

Depois de me deliciar com algumas das praias mais bonitas e famosas do Brasil, só posso dizer que meu Carnaval foi de alegria intensa, beleza intensa e pouco “tratratratratra”….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *