O que ficou de impressão dos Emirados foi que estão dispostos a desafiar o impossível. E isso faz a cidade vibrar inovação. Uma prova disso é a construção de aproximadamente 520 km de praias onde existiam apenas 54 km. A Palmeira (Palm Islands), foto acima é um bom exemplo.

Outro exemplo do desafio é o Dubai Miracle Garden. Já tentou plantar flores na areia? E no deserto? Eles conseguiram fazer verdadeiras obras de artes.

Dubai-Miracle-Garden-341

E a água e todo o processo de dessalinização? Eles conseguem processar 2.1 bilhão de litros de água por dia.

Um dia em Dubai parece pouco tempo, mas organizado dá para conhecer um pouco. Nosso destino final era a China.

A viagem tinha um viés de negócios pois íamos a maior feira de produtos do mundo (Canton Fair), localizada em Guangzhou, China, e aprender um pouco sobre importação. Por isso nossa manhã em Dubai foi tomada para conhecermos o Porto Jebel e a empresa que administra, chamada DP World. Foi muito legal, pois tivemos a oportunidade de entender toda a logística de recebimento e entrega de contêineres e outros pormenores.

Para terem ideia está sendo construído um aeroporto somente para cargo das mercadorias do Porto de Dubai, e não leva mais que 20 minutos esse trajeto. O Porto de Santos no Brasil tem muito a aprender.

Hoje a receita de Dubai vem do Turismo, Comércio, Setor Imobiliário e Serviços. Somente 6% do PIB vem do Petróleo e seus derivados.

Pós a visita ao Porto fomos almoçar no Atlantis Resort. O mesmo que tem nas Bahamas. Preciso nem falar muito sobre o hotel né?! Espetacular. Gente, tem um aquário no hotel que você pode fazer mergulho com tubo de oxigênio ou simplesmente Snorkeling. Além de restaurantes do mais alto nível.

Hotel Atlantis em Dubai
Hotel Atlantis em Dubai

Almoço árabe ótimo, e continuamos para um tour em Dubai, onde aprendemos um pouco sobre as construções, os Emirates, as mesquitas.

IMG_4204 IMG_4206

Os Emirates são as pessoas nativas da região. 90% da população são advindas de pessoas de fora, muitas pessoas da índia, china. Os Emirates gozam de alguns privilégios para evitar qualquer desigualdade já que são aproximadamente 10% da população. Os privilégios são em benefícios como pegar empréstimos e pagar se necessário a vida toda, subsidio nas contas de água, luz, moradia. Possuem planos de saúde especial. Educação de graça.

Parada para compras na Rua do Ouro. O árabe faz negócios como ninguém. De uma simpatia única, são ótimos comerciantes. Muito boa a experiência!

IMG_4253IMG_4264

Esse é o endereço da Rua do Ouro. Além de ouro eles tem mercados de temperos e lojas para comprar lembranças.

Mesquita - São várias pela cidade
Mesquita – São várias pela cidade

Viu que deu para ver muita coisa? Um dia em Dubai, planejado, pode render.

Mas, vou deixar a continuação para a Lubna, Brasileira, residente em Dubai, foi uma das integrantes da nossa viagem e  possui um canal no Youtube, chamado Lubna Chahine. Ela tem vídeos com dicas sobre essa cidade cheia de desafios, inovações e luxo. Lubna, vai contando aí para o pessoal…

Lubna

Se precisar de um receptivo lá é só nos dizer. Ainda é necessário visto para Dubai. Se quiser saber como fazer, nos envie um e-mail (ecos@ecos.tur.br). Passagens Emirates também.

Algumas dicas:

  • Dinheiro em Dubai – Dirham. Faça aqui a conversão. R$ 0,86 equivale a AED 1 Dirham dos Emirados Árabes
  • Religião – Islã
  • Beijar em público é ilegal
  • Homossexualismo é crime
  • A população fala inglês e são aproximadamente 2 milhões e 300 mil pessoas. Sendo esses somente 10% de nativos.
  • O clima é dividido em menos quente e mais quente
  • Vale a visita!

 

One thought on “Um dia em Dubai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *