Quer atravessar o trajeto Zurique x Lugano de uma forma rápida? A partir de dezembro/2016 você poderá em apenas 41 minutos. Foi inaugurado na Suíça o túnel ferroviário de São Gotardo com fins de transporte de cargas e passageiros. Estão previstos que por lá passarão 260 trens de carga (100 km/h) e 65 trens para passageiros (200 km/h) por dia .

Foram 17 anos de construção e são 57 km subterrâneos e a previsão é que em Dezembro/2016 estará em pleno funcionamento.

O presidente da Suíça, Johan Schneider-Amman, afirmou na cerimônia que o túnel “unirá as pessoas e as economias” da Europa.

A meta é aumentar o uso das ferrovias e descongestionar as estradas para o tráfego de mercadorias, no corredor Reno-Alpes que vai de Roterdã, no Mar do Norte, até Genova, às margens do Mediterrâneo.

o_map-705d8b26cf

A União Europeia, que financiou 15% da obra (que teve custo total de 12,276 bilhões de dólares ou 10,9 bilhões de euros), aplaude, além da proeza técnica, um investimento “ecológico”.

As preocupações ambientais estão os principais fatores para a decisão do governo suíço de construir o túnel. O projeto visa retirar o transporte de carga dos caminhões, passando-o para os trens e reduzindo assim o impacto ambiental do transporte transalpino de mercadorias.

Em vez de levar milhões de toneladas de carga pelas íngremes montanhas alpinas em caminhões movidos a diesel ou no trem alpino já existente, 260 trens de carga movidos a eletricidade vão viajar diariamente sobre trilhos horizontais embaixo das montanhas, transportando cerca de 40 milhões de toneladas de mercadorias por ano. Além de diminuir a emissão de gases poluentes, os trens serão mais silenciosos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *