Aos pescadores e amantes de aventuras, nossa agência de viagens Ecos Turismo (www.ecos.tur.br) acabou de fechar uma parceria com o Pesca sem Fronteiras (www.pescasemfronteiras.com.br). O primeiro roteiro de que vamos falar será a Reserva Xixuaú / Jauaperí.

A reserva do Xixuaú localiza-se entre os igarapés do Xixuaú e Xiparinã, na região do médio Rio Jauaperi, um importante afluente do Rio Negro, logo abaixo do Rio Branco.

Por do Sol no Rio Jauaperi
Por do Sol no Rio Jauaperi

Sua generosa bio-diversidade é fruto de 2 fatores: solo geomorfologicamente rico com ausência de caça predatória – fato raro na Amazônia cabocla. Em pesquisas recentes do Inpa, foram identificadas mais de 80 ariranhas (Pteronura Brasiliensis) vivendo no local. Algumas espécies difíceis de serem observadas na bacia do Rio Negro, como Jaburus, Araras vermelhas e macacos Cuxiús, são comumente avistados na área. O tradicional futebol na comunidade do Matão, a escolinha-modelo em educação ambiental no igarapé do Matias, dentre outras atividades da cultura cabocla, podem ser conferidas e vivenciadas como alternativa a intensa experiência selvagem proporcionada por esta expedição.

barco 1 Barco Manaia

Com o BARCO MANAIA SPORT FISHING, a empresa faz exclusiva operação para seus clientes.

  • Local de Embarque: Manaus-AM
  • Tempo de navegação de Manaus até a entrada da reserva Jauaperí: 12 a 15 horas
  • Tempo de navegação no Jauaperí até o extremo do Xixuaú: média de 8 horas
  • Alta Temporada: agosto a março (ao longo das próximas temporadas estaremos investigando também pescar no mês de julho).
  • Meses que permitem chegar ao extremo da Reserva Xixuaú: agosto, setembro e março. Outubro poderá ser incluído a depender do nível das águas, que não é possível saber com tanta antecedência.
  • O Barco Manaiá é o ÚNICO autorizado a entrar na reserva e pescar até os limites da reserva indígena da tribo Waymiri-Atroarí (Roraima)
Pesca Xixuau
Pesca Xixuau
  • A região possui mais de 140 lagos ainda por explorar, jamais visitados por turistas. Até hoje foram visitados apenas 2 deles, e parcialmente, primeiro porque as operações foram iniciadas apenas em final de setembro de 2015 e, segundo, porque em outubro 2015 de forma atípica os rios da região já estavam muito rasos, impedindo uma maior mobilidade, mesmo sendo o Barco de calado baixo.
  • Nas pescarias realizadas desde então, mesmo com o nível das águas aquém do ideal e pescando a maior parte do tempo apenas na calha do Jauaperi dentro da reserva, registrou-se uma média de 1.200 tucunarés por viagem. Houve semanas com mais de 1.600, porém também houve outras com menos em função da “qualidade” dos pescadores que preferiam dar maior atenção à abundância de cerveja gelada no Barco e ao serviço de nosso barman (risos).
Natureza - Barco Manaia
Natureza – Barco Manaia
  • Calcula-se que  para conhecer todos os pontos de pesca da Reserva Jauaperí/Xixuaú leverá em torno de 8 a 10 anos, tamanha é sua dimensão. O potencial de pesca é inenarrável. Isso, por assim dizer, garante um caráter “inédito” à cada viagem, onde, uma viagem jamais será exatamente igual a outra, porque a cada situação do rio, mais baixo ou menos baixo, nos levará a distintos pontos. Aventura e muita adrenalina para os verdadeiros apaixonados por desafios na pesca, principalmente do Tucunaré.
Natureza Amazônia
Natureza Amazônia
  • Os piloteiros são nativos das comunidades do Xixuaú, conhecedores de toda a região. Sua contratação é uma das contrapartidas do Barco Manaiá/Grupo Pesca Sem Fronteiras pelo acordo de termos a exclusividade de operação com pesca na Reserva. Já receberam treinamento e estão muito bem familiarizados com as técnicas de pesca. Conta ainda com guias extras do local (quando necessário) para entrada nos lagos inexplorados.
  • Outro destaque: no barco temos um barman sem precedentes – apelido: Maranhão – que tem dado a maior canseira nos clientes que não dão conta de consumir tudo o que ele oferece. A cozinha do barco também vem sendo alvo de grandes elogios.
refeição barco manaia
refeição barco manaia
  • A programação básica de pesca foi estudada de diversas maneiras e bem experimentada, de modo que o ideal vem sendo o seguinte:

1º dia – Sáb: embarque em Manaus, com saída máximo 15:30 h. Na madrugada de SAB para DOM o barco encontra e embarca os piloteiros que estarão esperando na Foz do Jauaperi com o Rio Negro.

2º dia – Dom: início da pescaria na reserva do Jauaperi, enquanto o Barco vai subindo em direção ao Xixuaú.

3º dia – Seg: pescaria no Xixuaú

4º dia – Ter: pescaria no Xixuaú

5º dia – Qua: pescaria no Xixuaú

6º dia – Qui: pescaria na reserva Jauaperi, já iniciando a viagem de volta a Manaus

7º dia – Sex: desembarque em Manaus após café da manhã, entre 8:00 e 10:00 h.

OBS: Em caso de viagens casadas com uso de hidroaviões no transporte dos pescadores (na ida ou na volta), poderemos ampliar os dias de pesca da programação. Inclusive,  numa das comunidades, a que fica na “boca” do Xixuaú, dispõe de bangalôs para hospedar até 12 clientes. O custo geral nestes casos, naturalmente, terá uma diferença por conta dos serviços adicionais.

Vitória Régia
Vitória Régia

IMPORTANTE: o Rio Jauaperí é riquíssimo em estruturas de pedras e “praias”, que já comprovamos serem excelentes locais para pesca de tucunarés. Com a programação desenvolvida (citada acima), portanto, conseguimos brindar os clientes com uma gama imensa de locais e possibilidades de pesca, maximizando o aproveitamento do tempo, mesmo quando o barco hotel estiver em deslocamento, seja subindo em direção ao Xixuaú, seja voltando em direção a Manaus, ou ainda em períodos de extrema seca ainda que não se consiga chegar ao Xixuaú. Seja de uma forma ou de outra, em que época for, teremos uma área de pesca gigantesca sem a presença de outros pescadores senão apenas aqueles que viajarem no MANAIÁ SPORT FISHING – Exclusividade a toda prova!

Está pronto?
Está pronto?

Quer saber mais? Mande um comentário por aqui ou envie um e-mail para lazer@ecos.tur.br

A ECOS pode cuidar de toda a logística de passagens aéreas, hospedagens, transfer até você estar em ótimas mãos com a Equipe do Pesca sem Fronteiras.

One thought on “Pescaria na Reserva Xixuaú/Jauaperí – Amazônia – Brasil

  1. Como consultor especialista em pesca fiquei muito feliz com a parceria Ecos Turismo e Pesca Sem Fronteiras. Sem a menor sobra de dúvida, quem mais ganhará com tal iniciativa são os clientes pescadores, cada vez mais exigentes e merecedores de serviços de alta qualidade. A Ecos chega para, em definitivo, agregar importante valor ao turismo de pesca – “o pensar do todo”, e não simplesmente o comum e tradicional pacote de pesca. Proverá, desde uma simples passagem aérea, de hotéis de trânsito, até as mais complexas necessidades logísticas, de modo que o cliente pescador não tenha que se preocupar com absolutamente nada, senão em tirar o máximo aproveitamento de seu lazer preferido.
    Contem comigo. João Carlos “Pescador de Jaú” – Grupo Pesca Sem Fronteiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *