Anavilhanas é uma unidade de conservação situada em um parque nacional a 180 km de Manaus no estado da Amazônia. Um grande arquipélago fluvial, que possui em suas maravilhas aproximadamente 400 ilhas. Não é o maior arquipélago fluvial Brasileiro. Essa característica fica para Mariuá, com cerca de 700 ilhas.

Amazônia

Resolvi escrever sobre esses lugares porque acredito que a Amazônia é um dos locais mais lindos do nosso país, e, precisamos cada dia mais de atenção e informação sobre essa região. Ações de grileiros e madeireiras não autorizadas estão agredindo o pulmão do Brasil.

Pesquisando pelo turismo na região achei uma agência muito legal chamada Katerre. A Paula Hortência (Gerente de Vendas da Expedição Katerre) enviou o seguinte post para nós por e-mail sobre as Anavilhanas. Ela escreveu: “Estar num mundo diferente, cercado de novos estímulos, deve ser vivenciado num nível muito além das fotos e lembranças digitais guardadas em nossas câmeras.

Anavilhanas – Sitah

Há todo um universo de novos entendimentos sobre a realidade da selva para explorar, através de leituras, argumentações, sensações e inúmeras experiências vivenciadas in loco. Do teatral ao sinestésico, temos em cada expedição a missão de construir a ponte entre dois mundos distantes: o urbano-contemporâneo e o mundo esquecido da floresta. Transitando com nossos viajantes de um lado a outro desta via com segurança, conforto, lazer, bom humor e muita informação. Interagindo entre amigos com suas populações tradicionais. Mostrando que dos animais da floresta, nenhum nos olha como presa. Mergulhando no rio Negro, refrescando-se em suas praias de água doce, abençoada, negra e ao mesmo tempo cristalina, extremamente convidativa ao banho.”

Arara Vermelha
Arara Vermelha

Ainda diz: quem vem para conhecer o Arquipélago Anavilhanas não pode deixar de conhecer:

-Botos

– Tribo indígena de língua nativa Tuiuka e Tukano

-Encontro das águas

– Lagoa das vitórias régias

– produção de farinha

– comunidades ribeirinhas

– entre outros. O que não falta é atrativos para conhecer.

Todos esses passeios podem ser realizados em até um dia, ou contratar um pacote em cruzeiro fluvial de 4 dias que consegue ir mais além.

A Expedião Katerre trabalha a um pouco mais de 10 anos com Cruzeiros Fluviais e a um ano e meio  ampliou construindo o Lodge Mirante do Gavião, que explora uma outra parte do Anavilhanas com trilha até as grutas do Madadá, pescaria de piranhas, Nascer do sol, visita a comunidades ribeirinhas.

Grutas do Madadá
Grutas do Madadá

 

Roteiros Socioambientais
Não só a natureza selvagem, mas também os homens que nela vivem são as atrações de nossos roteiros. Na expressão de uma cultura genuína, calcada nos frutos da floresta, encontramos belezas e simplicidade impares. Mesmo em detalhes sutis há muita informação nova para processar. No exercício do intercambio, muito que aprender e algumas coisas a ensinar. É nessa troca que a amizade se estabelece, e momentos espontâneos surgem num jogo de futebol, num bate-papo ou em tantas outras atividades.

Base ICMBio - Trabalho de preservação dos Quelônios - RCT
Base ICMBio – Trabalho de preservação dos Quelônios – RCT

Turismo de Baixo Impacto
Para conhecer e entrar no espírito de verdadeira Amazônia, navegar é preciso. Ao desembarcar numa comunidade isolada, num santuário de papagaios e araras, numa praia deserta com ninhos de gaivota, ovos de tartaruga, ou entrar de canoa num igapó, o impacto deve ser o menor possível, razão pela qual operamos apenas com grupos pequenos e em barcos com baixa emissão de poluentes fósseis, sonoros e orgânicos. Com roteiros exclusivos, grande parte dos locais que visitamos recebem apenas nossos viajantes ao longo do ano.

Artesanato local - RCT
Artesanato local – RCT

Seu bem-estar em primeiro lugar
Expedições fluviais para locais remotos requerem experiência. Todos viajantes contam com um seguro de viagem individual. Nossos Guias são treinados em primeiros socorros, aptos a aplicar anestesia e suturas (nosso barco possui uma pequena farmácia). O barco e dedetizado antes de cada expedição, e pode ser usado um telefone via satélite para emergências. Alem do grande conhecimento e relacionamento que temos com logradouros, comunidades e pessoas.

Boto - FAM
Boto – FAM

Roteiros exclusivos para os santuários da Amazônia Ocidental
Navegando pelos rios de águas preta da bacia do rio Negro, cruzamos paisagens de rara beleza cênica, inusitadas atrações selvagens e genuínas manifestações culturais do homem nortista. O Arquipélago das Anavilhanas, o Parque Nacional do Jaú, Mariuá – o maior arquipélago fluvial do mundo, os rios que singram a Serra do Aracá, onde está a maior cachoeira do Brasil. A cidade de São Gabriel da Cachoeira, a mais indígena das cidades brasileiras, e todo o esplendor das ilhas e florestas sobre as pedras do alto rio Negro, com suas comunidades indígenas e caboclas, expressão genuína de outra cultura. Igapós, furos, muitas ilhas e os misteriosos igarapés.

Eu ia escrever a matéria, mas, o texto da Paula ficou excepcional, portanto, deixo meus agradecimentos a Expedição Katerre pelas fotos, explicações e encantamento.

Nós só precisamos respeitar tamanha natureza. E, ir lá… Ir lá para ver de perto… verde!

Há algo melhor do que estar ao redor do fogo e ouvir e contar histórias?!
Há algo melhor do que estar ao redor do fogo e ouvir e contar histórias?!

Obs: A expedição Katerre não faz ilha do coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *