Dia 3 – Tripoli

Distante de Beirute 90km, Trípoli é a segunda maior cidade do Líbano, com aproximadamente 500 mil habitantes e muitos muçulmanos. Praticamente 80% da população. Por estar próxima à Síria, você encontrará também muitas pessoas pedindo ajuda. Essa cidade ainda não se recuperou da guerra civil. Muita pobreza, muitas marcas de balas nos prédios. Enfim, não deixa de fazer parte da história, mas, não é das melhores visões.

Em contraste a tudo isso, em Tripoli encontram-se resorts de frente para o mar, com piscinas de água do mar praticamente particulares. São lindos. É uma opção.

Também tem uma casa de doces libaneses , chamada Hallab, que está em funcionamento desde 1881. Pensa que irá provar doces dos deuses aqui. Fica bem no centro de Tripoli. Comi um pastel de queijo com molho de rosas dos Deuses.

Fomos ao mercado, que nos disseram que havia muitas lojas de ouro e outros itens, mas achamos também decadente. Espero que Trípoli retome toda a sua beleza.

Uma cidade de contrastes. Enquanto o exército ainda está nos bairros, você consegue observar uma vila de pescadores

Um ponto positivo é que geograficamente, Trípoli é uma cidade bem localizada. Acesso às montanhas e mar rapidamente. É uma opção sim hospedar lá. Principalmente nesses resorts que falei no início do post.

Nesse dia voltamos mais cedo para Beirute e ganhei um Por do Sol no La Rouche. Deixo o vídeo para vocês.


Kifak – é como está no masculino e Kifek – no feminino, assim como Habib e Habiba que quer dizer amor, querido, por gênero.

Para continuar viajando, só clicar no roteiro que te interessar

3 thoughts on “Lebanon – Tripoli – Kifak

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *