Esse post não é para falar de política. É para dizer o que Brasília tem de bom, dos moradores de Brasília, seus atrativos, suas regiões administrativas. Para você ter uma ideia, já são quase 3 milhões de pessoas aqui. E, essas pessoas fazem diferença, pois são diferentes. Traço único dessa cidade, possui gente de todas as culturas, de todos os estados, de todo o mundo.

Catedral de Brasília - Foto Paula Leite
Catedral de Brasília – Foto Paula Leite

Uma pergunta que ouço muito é: o que significa “cidade satélite”? Pois bem, nesse post quero explicar onde ficam, como chamam e deixar aqui um roteiro turístico do que você pode ver em cada cidade. Respondendo a pergunta: cidade Satélite é uma designação usada para se referir a centros urbanos surgidos nos arredores de uma cidade qualquer, tipicamente para trazer benefícios a cidade núcleo da região. No caso de Brasília, as cidades satélites serviriam para moradia ou cidades dormitório.

Mapa das Regiões Administrativas de Brasília
Mapa das Regiões Administrativas de Brasília

Acontece que as cidades satélites cresceram e ganharam vida própria e há muito são chamadas de Regiões Administrativas. E cada uma tem algo a oferecer a seus habitantes e turistas que visitam a Capital do Brasil. São 31 regiões administrativas no Distrito Federal. Se quiserem saber onde hospedar é só enviar um e-mail para lazer@ecos.tur.br. Teremos prazer em ajudar.

Começando pela RA I – Brasília (Plano Piloto), onde está a Esplanada dos Ministérios, Asa Sul e Asa Norte, Brasília tem muito a oferecer em entretenimento para os mais diversos gostos. Vou deixar os posts das outras blogueiras aprofundar nessa cidade.

Torre de TV - Foto Paula Leite
Torre de TV – Foto Paula Leite

A RA II – Gama, distante 30,2 Km do Plano Piloto, nasceu em 1960 para abrigar os operários que trabalhavam na construção da barragem do Lago Paranoá.

Igrejinha do Gama
Igrejinha do Gama, setor de chácara, bairro Casa Grande

O que você pode fazer lá?

  • Pode ir conhecer o estádio do Bezerrão
  • Pode depois ir comer na Pizzaria São Paulo ou no Churrasquinho do Dudu (ganhou prêmio da empresa do ano do Gama)
  • Pode conhecer cachoeiras da Pedreira ou da Loca
  • Pode ir nessa Igrejinha linda, protegida por esse vale maravilhoso!

Taguatinga, a RA III surgiu também como acampamento de operários da construção de Brasília e mais tarde para abrigar as invasões formadas ao redor do Plano Piloto. Distante 20,9 Km. Hoje é uma das cidades que mais crescem no DF. Agitada vida noturna garante opções para todos os gostos.

Praça do Relógio - Centro de Taguatinga
Praça do Relógio – Centro de Taguatinga

RA IV – Brazlândia nasceu bem antes de Brasília em 1852 em um povoado próximo a fazenda da família Braz, distante 45 km do Plano Piloto, tem característica de cidade do interior e uma forte vocação agrícola. 34% do consumo de produtos rurais do DF são originários daqui. Nessa região encontram-se belezas naturais típicas do Planalto Central e você pode visitar uma ou mais das propriedades abertas ao turista. Chapada Imperial, Poço Azul, Rio do Sal, restaurantes rurais. Prometo um post só sobre o turismo rural dessa região.

Lago Veredinha, uma orla feita para uso da população
Lago Veredinha, uma orla feita para uso da população

Ao longo do Lago Veredinha as dicas são:

  • Restaurante do Neguinho – tradicional frango caipira
  • Rodinho Carne de Sol – cervejinha e carne de sol
  • Casa do Lago – Uma cervejaria, com música ao vivo e petiscos. Também serve almoço executivo
  • Ao longo da orla também tem Quiosques para um lanchinho e um bom bate papo
  • Igreja Santuário Menino Jesus de Praga – Católica
  • Festa do Morango no mês de agosto e Festa da Goiaba no mês de Fevereiro, além das festas religiosas.

RA V – Sobradinho, de clima ameno, originou-se de uma fazenda do mesmo nome. Foi fundada também em 1960. Seus primeiros moradores foram as famílias transferidas da região inundada quando se formou o Lago Paranoá.

Torre Digital
Torre Digital

 Sobradinho conta com uma grande quantidade de artesãos, na confecção de trabalhos em madeira, couro e pedra. Os produtos são comercializados em feiras livres. A RA V foi escolhida para abrigar as instalações do Pólo de Cinema e Vídeo do Distrito Federal. As principais festas são o aniversário da cidade, em 13 de maio, as juninas e do Peão Boiadeiro, que ocorrem em junho.

Torre Digital
Pessoas visitando a Torre Digital

O que você pode fazer:

  • Passeio de um dia inteiro é ir almoçar no Trem da Serra. Um restaurante que produz tudo o que está no cardápio. Galinha Caipira, saladas, torresmo, uma cachaça ou um leitão a pururuca farão seu dia farto. Além disso, o lugar é lindo, pois fica no alto de uma serra.
  • Antes de chegar para almoçar você pode ir visitar a Torre Digital de Brasília. Visual sem igual de todo o Plano Piloto.
  • Próximo a estrada da torre digital tem o Santuário Lar da Mãe Rainha e Três Vezes Admirável de Schoenstatt

RA VI – Planaltina, O visitante irá surpreender ao visitar a secular cidade de Planaltina. Por aqui passaram a Missão Cruls, conserva em suas ruas estreitas casarões centenários. Aqui está a pedra fundamental da futura capital do país.

Museu Histórico e Artístico de Planaltina
Museu Histórico e Artístico de Planaltina

O que você pode fazer?

  • Visitar a Lagoa Bonita
  • Cachoeira do Piripipau
  • O Vale do Amanhecer, uma das maiores comunidades místicas do país
  • A Estação Ecológica de Águas Emendadas localiza-se próxima à cidade
  • Visitar a Igreja de São Sebastião, a Igreja Matriz e o Museu Histórico e Artístico de Planaltina. O museu conserva a memória da cidade e vende artesanato da região. O destaque do artesanato é a cerâmica e tapeçaria.
  • Se estiver por aqui na época há a Folia do Divino realizada no sétimo domingo após a Páscoa, a Folia dos Santos Reis (6 de janeiro) ou o evento mais importante, Via-Sacra, que leva um público de cerca de 200 mil pessoas ao morro da Capelinha na Semana Santa.
Via-Sacra no Morro da Capelinha
Via-Sacra no Morro da Capelinha

RA VII – Paranoá – transformou-se em região administrativa a partir de 1989. Ainda em desenvolvimento, os planos são da construção de um grande parque turístico para aproveitar a vista da Barragem do Paranoá, pois a cidade está situada em local de altitude privilegiada e oferece uma bela vista. Para almoçar a Churrascaria Paranoá pode fazer as honras.

Churrascaria do Paranoá
Churrascaria do Paranoá

RA VIII – Núcleo Bandeirante – “Cidade Livre”, foi a primeira cidade destinada a abrigar os trabalhadores pioneiros. Ainda mantem construções de madeira na forma original. São casas, sobrados e construções, como o Hospital Juscelino Kubitschek de Oliviera, tombado pelo Patrimônio Histórico do GDF e onde hoje funciona o Museu Vivo da Memória Candanga.

O que você pode ver e curtir aqui:

  • Igreja da Metropolitana, construída em madeira e tombada pelo Patrimônio Histórico
  • Igreja Dom Bosco
  • O Mercadão, antigo Mercado Diamantina, onde você encontra comércio diversificado, restaurantes de comidas típicas de vários estados, açougues, artesanatos
  • Casa do Pioneiro, construção em madeira onde funciona uma Biblioteca Pública
  • Museu Vivo da Memória Candanga
Museu vivo da memória candanga - Aqui há cursos para menores na Escola do Saber Fazer
Museu vivo da memória candanga – Aqui há cursos para menores na Escola do Saber Fazer

RA IX – Ceilândia, seus habitantes são oriundos de Goiás, Minas Gerais, da região Norte e principalmente do Nordeste, o que faz a cultura nordestina imperar aqui. Projetada por Oscar Niemeyer, a Casa do Cantador foi feita para sediar a Federação Nacional das Associações de Cantores, repentistas e Poetas Cordelistas.

Casa do Cantador
Casa do Cantador

Aos domingos, o centro é ocupado por duas feiras, a Feira Central, um onde se encontram todos os tipos de produtos, e a Feira do Rolo, que utiliza o sistema de trocas para negociar desde eletrodoméstico até literatura de cordel. Também na Ceilândia tem o Ceará Carne de Sol, restaurante típico nordestino, com a melhor carne de sol da região.

RA X – Guará, localizada entre o Plano Piloto e Taguatinga, o Guará é muito visitado pela sua feira, chamada Feira do Guará. Aberta de quinta a domingo você encontra vestuário, utensílios pra casa, peixes, legumes e frutas, carnes, castanhas, enfim… de tudo um pouquinho. Na própria feira há restaurantes típicos e uma ótima cervejinha gelada.

A Feira do Guará ainda mantem a tradição de antigos mercados
A Feira do Guará ainda mantem a tradição de antigos mercados

Além da feira, o Centro Administrativo Vivencial e Esportivo (CAVE) e a Casa da Cultura do Guará são, os principais espaços para atividades culturais e esportivas da cidade, que ainda dispõe de três clubes recreativos, hotéis, bares e restaurantes.

Frutas da melhor qualidade
Frutas da melhor qualidade

RA XI – Cruzeiro, é a região administrativa mais próxima do Plano Piloto. Tem fama de reduto do samba, constantemente são promovidas festas pela Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro (ARUC), escola de samba mais premiada nos carnavais do DF.

O Cruzeiro também tem um mercado, onde você encontra restaurantes de comida típica, muitos botecos, bom tira-gosto e cerveja gelada. Vale a pena ir visitar.

Olha aí que delícia para o fim de tarde. Aos Sábados fica simplesmente lotado. Quiosque da Rosa
Olha aí que delícia para o fim de tarde. Aos Sábados fica simplesmente lotado. Quiosque da Rosa

Além do Samba, o Cruzeiro também conta com quiosques entre as quadras (Quiosque da Rosa e do Voo Livre), que serve churrasquinho, cerveja gelada e de vez em quando ainda uma música ao vivo.

Águas Claras, RA XX, tornou-se uma cidade vertical. Hoje você encontra de tudo aqui. Cinema, bares, restaurantes. Vale a pena ir à alguns restaurantes daqui.

Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Riacho Fundo I e II, Candangolândia, Varjão, Itapoã, e Fercal,  , são cidades que nasceram para atender ao crescimento populacional do DF e ainda estão estruturando. Em breve, tenho certeza, teremos notícias de lugares por lá.

Bom, como diz uma amiga, Brasília, muito além do Plano Piloto. Essa é a intenção dessa matéria. O DF é belO, com gente muito boa, e mil atrações diferentes para conhecer. Deixo o mapa do metrô. Algumas das cidades já possuem acesso pelo metrô. Essa matéria aceita sugestões dos leitores. Se quiserem indicar algum ponto interessante em sua cidade, por favor, só dizer!

mapa-trilhos-estacoes-Metro-DF

 Foto destacada: Santuário Lar da Mãe Rainha e Três Vezes Admirável de Schoenstatt

One thought on “Brasília – Como é morar aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *