Tudo bem que são tempos de crise, mas a gente sempre consegue um lugarzinho perdido próximo da sua cidade onde você pode se reconectar, descansar e lembrar o que é bom na vida….

Esse feriado de 12 de outurbro, resolvi voltar pro mato, minhas amadas trilhas próximas à Capital Federal. E o local escolhido foi a Trilha do Indaiá até o Salto do Itiquira em Formosa, Go.

O Salto do Itiquira é uma Unidade de Conservação, com uma queda livre de 168m, e é a 7 maior queda do Brasil, o convencional é entrar pelo parque na parte baixa, onde tem uma estrutura bacana com chalés e restaurante, e uma trilha pequena de acesso de 450m, mas se você estiver buscando um pouco mais de aventura e fora do convencional, que tal se arriscar por uma bela trilha e ter a oportunidade de ver toda esse beleza de cima?!

Salto do Itiquira - Formosa-GO
Salto do Itiquira – Formosa-GO

A 70km de Brasília, acesso fácil, com placas sinalizando, e estrada boa, com partes de estrada de terra que até meu sedan aguenta, chegamos na Cachoeira do Indaiá.

Só de estar nesse local, com uma bela queda d´água você percebe a boa escolha, e se não quiser se cansar, em poucos metros vc estará numa piscina de água gelada e natural, e umas 50 pessoas para dividir esse espaço. Eu consegui essa foto sozinha, porque já estava no fim do dia.

Cachoeira do Indaiá
Cachoeira do Indaiá

Andando por entre árvores e trilhas, se seguir o caminho do rio não tem erro, você vai chegar a várias quedas d’água onde poderá se refrescar sem tanta gente por perto, e de quebra com uma vista incrível.

Um dos poços pelo caminho
Um dos poços pelo caminho

A trilha até o topo do Salto do Itiquira não é difícil, porém cansativa pelas subidas e descidas e o “sol quente no lombo” por 2hs, e faz pensar porque você não dedicou algumas horas a mais na academia, mas te garanto é recompensador o que você vê e sente chegando ao mirante. Nada que um banho gelado pelos infinitos poços de água, um lanchinho reforçado na mochila e muito hidratação pelo caminho não resolva.

Sabe aquele visual de te deixar boquiaberto?

Sabe aquela sensação de liberdade?

Então, aqui você encontra e te faz lembrar o porquê de ter levantado as 7hs da manhã num domingo, e ter pego um sol escaldante na cabeça…

Mirante do Salto do Itiquira
Mirante do Salto do Itiquira

Ai meu querido, é só aproveitar e voltar aquela alegria infantil e quase boba de estar feliz pelo simples fato de estar.

No meio do caminho, você encontrará um queda linda, grande, e com uma descida de fazer qualquer ateu acreditar que Deus existe. Se estiver na disposição, desça e curta, mas não se esqueça, tudo que desce, um hora terá que subir…

Tinha uma grande queda no meio do caminho..
Tinha uma grande queda no meio do caminho..

O caminho de volta é longo, porém mais suave, o sol já está mais brando, o corpo refrescado e a alma traquila…aproveite o pôr do sol na trilha e esteja pronto para enfrentar a semana….

Por do sol na trilha
Pôr do sol na trilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *