Topo
  >  A gente Informa   >  Retorno das Companhias Aéreas e procedimentos adotados

Com protocolos muito mais rígidos e uma série de procedimentos adotados, as Companhias Aéreas estão retomando suas atividades com muito mais segurança e tranquilidade para equipe e passageiros. Isso tudo com base em todas as informações científicas mais recentes e nas recomendações de vários órgãos públicos no Brasil e no mundo, como medida de saúde.

Ações de proteção a bordo contra Covid-19

Sem nenhuma dúvida, a maneira como viajamos de avião vai mudar bastante, desde o comportamento de cada passageiro, até as normas de segurança adotadas pelas cias em seus voos. Com o retorno das operações do Brasil para o exterior, e até mesmo ampliação de voos domésticos, as empresas já estão com novos protocolos e higiene definidos para proteger os viajantes. Entre as ações de proteção, podemos destacar as seguintes:  
  • Distanciamento social
  Para aqueles que realmente precisam viajar, será necessário manter um distanciamento de outros passageiros de pelo menos 2 metros. Essa é uma medida que será necessária em vários momentos do trajeto, como check-in, raio-x e embarque, para assegurar sempre a saúde dos passageiros. A Emirates, por exemplo, já começou a incentivar essa ação dentro de seus voos para o exterior, e está alocando passageiros que viajam juntos em assentos intercalados.  
  • Utilização da máscara
  O uso contínuo de máscaras está se tornando obrigatório em vários estados brasileiros, e não seria diferente para aeroportos e aviões. Companhias nacionais como Gol e Latam estão exigindo o uso da máscara em seus passageiros a partir de maio. Outras empresas, como a Azul está aumentando essa medida não somente para viajantes, mas para a tripulação também. Além das máscaras, novos uniformes para os integrantes estão sendo distribuídos. Cias estrangeiras como a Jet Blue, Air France e American Airlines já tornaram obrigatório o uso de máscara dentro de suas aeronaves e também em todo o período de embarque. Mas fique atento, muitas companhias não estão fornecendo o item para os clientes. Por isso, os passageiros devem levar suas próprias máscaras.  
  • Lavar as mãos e usar álcool em gel
  Lavar as mãos de forma correta é uma das principais ações para combater o novo coronavírus, como indicado inúmeras vezes por órgãos e instituições de saúde. Caso não consiga lavar com água e sabão, o álcool em gel é uma eficaz alternativa. Latam, Azul e Gol, são algumas das companhias que anunciaram que fornecerão o produto dentro de suas aeronaves para uso interno.

A atenção da ANAC e Anvisa

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) está acompanhando de perto as ações adotadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Ministério da Saúde, autoridades brasileiras que estão à frente no combate ao coronavírus (COVID-19).  A Agência também está atenta às mesmas restrições que governos estrangeiros têm adotado em seus procedimentos de viagem.  A recomendação para os viajantes é, sempre que possível, evitem países com transmissão ativa local e que acompanhem quais as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde locais. A própria ANAC orienta considerar a necessidade da realização da viagem e buscar informações sobre as restrições de cada país antes de se deslocar. 

As coisas não serão iguais

Muitas são as mudanças que irão acontecer, e vários processos de uma viagem passarão a ser mais rigorosos e comprometidos com a saúde de modo coletivo. Grande parte das companhias aéreas já estão orientando seus passageiros a realizarem o check-in de forma digital, por meio de aplicativo ou site. Isso é uma forma de evitar o toque em superfície de telas compartilhadas e aglomerações. Além disso, solicitar ajuda com relação ao check-in para o seu agente de viagens é uma forma extremamente eficiente de agilizar o processo, garantir segurança e respeitar ações de prevenção. As companhias também reforçam outros procedimentos de saúde e segurança, tais como o distanciamento social durante o processo de embarque e a bordo, além da suspensão do serviço de cabine, fechamento das salas vip dos aeroportos, e a intensificação na higienização das aeronaves. A grande maioria delas conta com o sistema de filtro HEPA, que captura 99,7% das partículas bacterianas e virais microscópicas presentes na aeronave.  Com relação ao serviço de bordo, algumas companhias, como é o caso da Latam, suspenderam o serviço por tempo indeterminado, para evitar a interação dos comissários com os passageiros. Além disso, em algumas rotas específicas, são distribuídos kits lanches, já higienizado na entrada dos voos. Sem dúvida outras companhias aéreas seguiram o exemplo com ações similares, além de equipar os comissários de bordo com luvas, máscaras e outros que possam manter a segurança e prevenção. Podemos esperar que posteriormente as empresas comecem a desinfetar as bagagens, tanto de mão, quanto despachadas, antes do embarque de passageiros. Além disso, frisamos a importância do isolamento social quando possível para que você e sua família se mantenham seguros. Daqui em diante, nossas medidas de higiene e saúde serão cada vez mais intensificadas!   Se você gostou deste post blog, que tal ter acesso a mais conteúdos sobre esse e outros assuntos relacionados? Basta seguir a gente nas redes sociais: estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn, além de canais tradicionais!  (61) 3226-0214 | ecosdoturismo.com.br  ]]>

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec et lobortis risus. Aliquam ut euismod tellus, a mollis ex. Sed dignissim molestie nibh, in varius nunc fermentum vitae.

Poste um comentário